sábado, 12 de julho de 2014


Um comentário:

Guaraciaba Perides disse...

Poemas de fina sensibilidade...gostei de reler.
Um abraço