segunda-feira, 20 de maio de 2013

Fragmento XXV

Esvazio dispensas e prateleiras,
é dia de faxina geral,
de levantar os tapetes.
Muitas das novidades que festejei 
são peças de museus
a falar de outros tempos.

Acumulei muitas dúvidas ao tocar a vida
e consultar meu travesseiro 
de macela e alecrim.

Moisés Augusto Gonçalves, in Fragmentos Imperinentes

10 comentários:

Guaraciaba Perides disse...

É sempre assim numa noite de insônia...mas de repente gera um belo poema!
um abraço

Eloah disse...

É acumulamos ao longo da vida coisas para lembrar, mas muitas inúteis e descartáveis.Escrevestes lindamente.
Forte abraço Eloah

Moisés Augusto Gonçalves disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Moisés Augusto Gonçalves disse...

Lindas como sempre: Nos comentários e blogs maravilhosos!

Vera Lúcia disse...


Olá Moisés,

Lindo e sensível blog.
Obrigada pela presença em meu recanto.

Há momentos na vida que esta faxina é indispensável, sob pena de não deixarmos espaço para o novo entrar. Entulhos apenas pesam na alma.

Lindos fragmentos.

Abraço.

Nenzito (José Maria Gonçalves) disse...

Pelo visto, a limpeza vai ser geral. É sempre preciso.

Anyol disse...

Bonito blog.
Te sigo.
Tengo otro blog con otro perfil diferente de blogger. Nos seguimos tambien allí? Dejame un comentario para poder encontrar tu blog y poder seguirte.
http://aanyol.blogspot.com.es

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Immaaurora disse...

I would like to follow each other? let me know? great post, we read. ♥ ♥ ♥

http://losviajesysibaritismosdeauroraboreal.blogspot.com.es/

varandasazuis disse...

Calou fundo...lindo, lindo! abraços, ania...