terça-feira, 9 de outubro de 2012

Meus jardins agora florescem.
O primeiro "beijo" nasceu vermelho.
A flor do meio-dia ainda dorme;
Aguarda o perfume da rosa insinuar-se na brisa leve.

Tomado de encantos,
toco a flor desconhecida...

Moisés Augusto Gonçalves, in Fragmentos impertinentes

7 comentários:

Gisa disse...

Puro e belo.
Um bj

Lasse disse...

Awesome picture !

Nenzito (José Maria Gonçalves) disse...

Cantos e encantos da primavera...

Tania regina Contreiras disse...

A poesia pronta, colhida no jardim! Bela.
Beijos,

Jeanne Geyer disse...

Estou fazendo um trabalho de divulgação do meu mais novo blog, portanto hoje estarei te visitando e conhecendo teu espaço. Peço desculpas pelo comentário pronto, não é do meu feitio, faço apenas para facilitar a divulgação. Depois que você conhecer o meu espaço, voltarei para te ler com atenção e fazer comentários individualizados.
O link do blog é: http://eubipolarbuscandoapaz.blogspot.com.br/ te aguardo lá, obrigada pela atenção, um abraço.

Carlos Augusto Pereyra Martínez disse...

Eclosión de la flor. Nidación del color: vida que sorprende desde lo vegetal. Un abrazo. Carlos

Márden Moreira de Carvalho.... disse...

Tocar o perfume das flores...Lindo!