sábado, 21 de janeiro de 2012

Espera

Imagem: Olbinski

Na tela de Olbinski as árvores voam,
enquanto homens escalam olhos e,
mulheres nuas, faces.
Aqui as raízes são asas e o peito do paletó
abre-se em estrada florida,
deixando um bouquet à espera do viajante desconhecido.

Moisés Augusto Gonçalves, in ruas vazias de gente

19 comentários:

Eloah disse...

Que beleza de poema Moisés.Escrevestes lindamente.Na alma poética do artista as raízes são asas e o peito do paletó abre-se em estrada florida..Lindo!
Saio daqui encantada.Grandes voos amigo.Bjs Eloah

DALILA / TEKA disse...

Adoramos seu blog,parabens,obrigada pela visita e comentario...abraços

Arnoldo Pimentel disse...

E assim estaremos escalando a montanha da vida.Parabéns pelo belo poema.

c c Rider disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
c c Rider disse...

árbores que voan, navíos estrelecidos, e nuas lua e faces que afloran do agromar do teu adorable lar.

Apertas.

Moisés Augusto Gonçalves disse...

O coração voa junto...

Guaraciaba Perides disse...

Tudo é possível na alma do artista...
Um abraço

Um Toque de Afeto disse...

Olá Moisés...

Seja Muito Bem Vindo Sempre! Obrigada.

Amei teu blog, O National Geografic então... lindo D++++... Parabéns!
E já te sigo...
Grande bj no coração,

Lecy'ns

Tania regina Contreiras disse...

Uma tela em letras com uma fidelidade de tinta e pincel. Adorei.
beijos,

Moisés Augusto Gonçalves disse...

Retribuo o grande beijo no coração...
Tudo de bom!

Nela disse...

Todo un placer haberte encontrado. Ya tienes una nueva seguidora. Con tu permiso volveré.
Un beso
Nela

Nela disse...

Todo un placer haberte encontrado. Ya tienes una nueva seguidora. Con tu permiso volveré.
Un beso
Nela

Nela disse...

Por Dios que mal traduce Google.
Nela

Floriana Quaini disse...

Scusa, manca il giudizio, mi sembrano comunque molto belli e interessanti...si perde un po' la composizione poetica...
Ciao, Floriana

Floriana Quaini disse...

E tre. Ho scritto un pezzo di commento, poi ho aggiunto un altro pezzo con un secondo commento, ora non vedo più il primo e il secondo ovviamente senza il primo non ha senso. Mi fanno dannare questi benedetti commenti.
Ancora ciao, Floriana

Sisco disse...

Señor Moises, yo en esto de la informática soy un verdadero inútil, y hoy me he dado cuenta de que Vd. sigue mi blog, perdón, perdón por el retraso.....He estado viendo su poesía y me llega. Voy a seguirle y le agradezco que de cuando en cuando se entretenga con lo que escribo. gracias. sisco

Márden Moreira de Carvalho.... disse...

"Espera" marcada de encantos.
Um abraço!

fus disse...

Acabo de conocer tu blog pero creo que me quedarè cerca para seguirte leyendo. Un poema magistral.

un fuerte saludo

fus


pd.Si tienes tiempo te invito a pasar por mi blog.

Elen Lackner disse...

Hermoso lo que escribes.Saludos desde Argentina y gracias por haber estado en mi blog.Elen Lackner