segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Dedicatória

Imagem: M. C. Escher

A toda lágrima que,
caindo em terra árida,
faz germinar uma flor.

A todo riso que,
brotando do coração,
desdobra-se nos outros.

Moisés Augusto Gonçalves, in ruas vazias de gente

13 comentários:

Maria Emilia Moreira disse...

Lindo!!!Nada mais verdadeiro escrito de uma forma poética exemplar.
Um abraço.
Maria Emília

Paulo disse...

E assim teremos um jardim.
Moises, Feliz ano novo.

Carmen disse...

Bella decicatoria, Moisés, y hermosas palabras para empezar el año.
Feliz 2012.

Biquiños.

Carmen

Lapislazuli disse...

Hola Moisi, cuanta esperanza y belleza en este poema. Un abrazo

Moisés Augusto Gonçalves disse...

Minha assinatura nesta dedicatória traz a marca da luta por dignidade e justiça social...

soylauraO disse...

GENIAL modo de comenzar un Año, una Vida Nueva, Una Página en Blanco.
Haga ud un Creativo y Feliz 2012.

http://enfugayremolino.blogspot.com/

Mercedes Vendramini disse...

Bello! bello!

Cariños Moisés!

Vais disse...

Saudações, Moisés
moço, a força destes versos é de arrepiar

venho pra te desejar tudo de bom para este 2012 com muitos momentos de força, lutas, conquistas

também pra dizer que levei você e o Geraldo Magela em ruas vazias de gente(com dedicatória ao nosso companheiro Valdisnei) lá pro ao sabor, bom demais

Grande abraço e beijo

Moisés Augusto Gonçalves disse...

Querida Vais,

Fico lisonjeado com a publicação de nossos poemas em seu blog.
Tudo de bom em 2012!

Eloah disse...

Tudo tem uma razão de ser.A colheita pode ser farta depende do coração.Amei teu post.Que este ano de 2012 seja, para você, pleno de felicidades.Bjs Eloah

Maria disse...

Lindissimo meu amigo! Todo o sorriso dado com alma ilumina quem dá e quem recebe.
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria

manuela barroso disse...

Tão pequena e tão grande!
De uma poesia enorme e intensamente bela!
Boa semana
Abr

Márden Moreira de Carvalho.... disse...

Grande dedicatória.