sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Assim...

Fico assim,
quando o luar entra em meus olhos
e rouba minhas sombras:
todo nu,
estremecido de luz,
acalentado de encantos.

Moisés Augusto Gonçalves, in Fragmentos impertinentes

24 comentários:

José Antonio del Pozo disse...

Breve, intenso, sentido.
soy ya seguidor de tu poético blog. Gracias por seguir el mío.
Saludos

Will disse...

Olá Moisés,

É quando nos inundamos por dentro que nos despimos por fora.

Ótima sexta-feira para você!

margoh werneck disse...

....encharcada de esperança.

lindo teu espaço.


beijao

Maria Alice Cerqueira disse...

Hoje vim lhe agradecer pela sua bondosa presença lá no meu cantinho, através de um simples selinho, 300 seguidores , feito com muito carinho.
Agradeço-lhe de todo o coração!
Abraço fraterno!
Maria Alice

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Moisés! Passando para apreciar este belo fragmento, e dizer que apesar de pequeno na estrutura, é gigante na profundidade. Realmente os raios do luar fazem milagres.

Aproveito a oportunidade para te comunicar a criação do nosso novo espaço: “Literatura & Companhia Ilimitada” http://literaturacompanhiailimitada.blogspot.com/ , (ainda em formação, mas, já com as primeiras postagens) criado com o objetivo de ampliar à divulgação da História da Literatura Mundial e de tudo aquilo que venha contribuir para o crescimento cultural daqueles que o desejarem, assim como, acrescentar mais uma fonte de pesquisas.

Ficaríamos muito felizes e agradecidos de poder contar com a tua visita e, se possível, sermos agraciados com a tua opinião/sugestão, pois, a continuidade ou a solução de continuidade do mesmo dependerá do parecer daqueles que por lá passarem honrando-nos com a visita.

Abraços, ótimo final de semana pra ti e que DEUS nos abençoe.

Furtado.

MARILENE disse...

Tão nu e sem lugar para se esconder, porque o íntimo ganhou luz.

bjs.

Anne Lieri disse...

Simplesmente linda sua poesia,Moises!Bjs,

Anne Lieri disse...

Simplesmente linda sua poesia,Moises!Bjs,

Maria disse...

Lindissimo poema.
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria

Moisés Augusto Gonçalves disse...

Sejam bem-vindos!
Grato pelos comentários.

Remei disse...

Amigo mio, Duermevela descansa hasta el final del verano...o más..
Será un placer que me acompañes en mi nuevo proyecto...
http://soplosmei.blogspot.com/
Remei

rory disse...

bello... :)

Beatriz Salas disse...

Me ha gustado mucho visitarte ¿sabes? de pequeña me llevaron con 8 años a Portugal por 3 años y casi olvidé hablar en español, ahora, desgraciadamente, he olvidado hablar y escribir en portugues... Encantada de haberte conocido y gracias por visitarme.
Un abrazo

Luna Sanchez disse...

Ah, mas o luar pode tudo!

;)

Um beijo.

ॐ Shirley ॐ disse...

Lindo poema, Moisés, me fez estremecer de luz. Beijos!

Terê. disse...

olá meu querido, obrigada pela visita, por está me seguindo. amei. boa semana, bju terê.

Nenzito (José Maria Gonçalves) disse...

Ficou encantado. Ótimo!

SOU EU disse...

Belo poema jovem...

Carmen disse...

Moisés, es que aunque muchos digan lo contrario, la luna y su luz nos llegan y nos embrujan. O quizá solamente nos ocurra eso a unos pocos privilegiados, porque es un privilegio que nos trate de ese modo...

Preciosas tus palabras, tu forma de decirlo.

Biquiños.

Carmen.

Lídia Borges disse...

Fragmentos que confluem para uma unidade do Ser com o Universo a caminho da perfeição almejada.

L.B.

O Gato & a Rosa disse...

Oi Moisés,
Oi Antonio,

Conheci seu blog no Térturia,quero te convidar para uma visitinha :http://ogatoarosa.blogspot.com/.
Tem um monte de poemas(con)sagrados e uma conversa interminável entre um gato e uma rosa!
Basicamente é isso.
Leia,comente e divulgue para que seus amigos sejam" nossos".Se curtir,claro.

abraço

O Gato e a Rosa( e uma mineira perdida em Santa Catarina, por trás desses dois)

*yllenah* SM disse...

Uauuu... interessantissimo. beçlo

yllenah

João Esteves disse...

Seu Depois de muitas lutas chegou-me ao conhecimento a partir de um dos blogs meus que você vem seguindo (pelo que agradeço).
Boa forma essa, de descobrir gente que escreve tão legal assim que nem você.
Seu Assim é um Fragmento impertinente que faz o leitor interessar-se pelos demais, impertinência e tudo.
Sigo você também.

Márden Moreira de Carvalho disse...

Ficamos assim...Extasiados!