terça-feira, 21 de junho de 2011

Fuga...

Foto: Sebastião Salgado
"Podemos fugir de tudo, menos de nós mesmos..."
José Saramago

10 comentários:

Carmen disse...

¡Bien dicho! Esa sí que es una buena verdad.

Biquiños.

MARILENE disse...

E mesmo que fujamos, a realidade estará dentro de nós, sem máscaras.

Bjs.

Arnoldo Pimentel disse...

Palavras verdadeiras.

Menalcas disse...

un saludo desde galicia, me gusta lo que haces en el blog.

Flor da Vida disse...

É amigo, José Saramago nos deixou um tesouro inestimável através dos seus sábios escritos...

Frase iluminada e verdadeira!

Deixo carinhos pra ti, viu?
Beijos de flor

MariCari♥♥♥♥♥ disse...

Sí, podemos escapar de todos e incluso hasta de nuestros recuerdos... pero... no de nosotros mismos en ese justo momento!!!
Bss...

anuar bolaños disse...

BIENVENIDO.

M. disse...

Venero Saramago. Mas não concordo com a frase. Nem ele a aplicava. Basta ler os seus livros...Alias, escrever um livro não será (também) uma fuga?

Eva Gonçalves disse...

Olá. Vim retribuir a visita. Também gosto bastante de Saramago mas discordo da M., ele nunca fugiu de si, mas dos outros. E penso que na escrita podemos até fugir da realidade, mas nunca de nós mesmos... e podemos até incessantemente nos procurarmos... :)Aliás a frase esta certíssima!

Moisés Augusto Gonçalves disse...

Que cada um de nós marque um encontro com o mais profundo de si mesmo...E aí sinta pulsar intensamente o coração de novos amanhãs...!