sábado, 19 de março de 2011

Não sei se a palavra que busco é a palavra que tenho.
Sei apenas que é esta é a palavra que ouço, escrevo e quero, 
dormindo em seus silêncios, a palavra por excelência. 
Ela que explode da lucidez-menina 
que se descobriu louca de paixão pelo humano; 
Loucura das tantas que cada um de nós traz 
estendidas na rede do coração e da razão,
 refugiadas no avesso da lua cheia.

Moisés Augusto Gonçalves, Fragmento do discurso de posse na Academia Cordisburguense de Letras Guimarães Rosa (Cordisburgo, Minas Gerais)

11 comentários:

OZNA-OZNA disse...

esta asturiana te da infinitas gracias por regalarnos tan bellisimas y sensibles letras, un besin muy grande .

Marty disse...

beautiful blog - beautiful words !

ANGEL disse...

Pois bem! As luas cheias são místicas, são elos entre a terra e o pensamento humano...Onde? Onde estaremos? A contemplá-la...A amá-la!
Parabéns!

Multiolhares disse...

venho agradecer ser seguidor do meu cantinho.

a lua é e será sempre feiticeira e staré sempre na mente dos poetas e enamorados
bj

mfc disse...

A escolha da palavra certa... é uma busca permanente!

Tertúlia Pão de Queijo disse...

palavras de fases lunares sempre tem um lado obscuro.

aparece lá na tertúlia, conterrâneo: Tertúlia Pão de Queijo.

abraços!

Berzé disse...

Faz bem passar por estes sítios.
Abração amigo!
Berzé

Odorica Ion disse...

Salutari de la Ploiesti Romania:)

Luana Liarkeis disse...

oi !! lembra de mim??

eu voltei para dizer que seu blog continua lindo como nunca!!

parabéns pelo espaço!!

http://osilenciodaspalavrass.blogspot.com/

Moisés Augusto Gonçalves disse...

Dormindo em seus silêncios, a palavra que grita...Forte!

Kamosi disse...

Em meio a tudo que li adorei simpelsmente cada palavra...
Principalmente esse post...

Não sei se a palavra que busco é a palavra que tenho.

Alé de demostrar,realidade em sentimento reais... Grande abraço
http://kamosi-kamosi.blogspot.com