sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Teço as notas de meu canto, 

talhadas a dedo e poesia; 

ourives de minhas loucuras... 

Moisés Augusto Gonçalves , in ruas vazias de gente

7 comentários:

submissa flor de cristal{LB} disse...

Entrar aqui para lhe dar boas vindas ao meu blog e ser recebida pelo José Saramago, já é um luxo!! Mas depois ler suas paravras alí no seu perfil, sinceramente Prof. já indica o ser humano lindo que o Senhor é.

Por tudo isso, já o sigo também, se me permite.

Beijos,

flor de cristal{LB} .

Bruno JP Teixeira disse...

Muy belo.

Tenha um excelente dia.

Abrçs.
Bruno JP Teixeira - O Portuga
============================
http://brunojpteixeira.blogspot.com/

Maritza disse...

Lo que alcanzo a entender es bellísimo!
Un placer tenerte en mi blog.

Baby disse...

Que lindo o teu canto, dedilhado com amor e poesia! E as tuas loucuras revestidas a ouro?
Tudo aqui revela uma alma sensível...
Foi um prazer e vou voltar.
beijo.

Maria Marluce disse...

Tecer os fios de nossas emoções em palavras é o que nos permite os deuses do olimpo. Seu poema é lindo.

Olga Ricci disse...

Felicitaciones por las imágenes y las poesías. Tienes un blog precioso! Saludos.

arrozqueimado disse...

Boa poesia!Nada mais a ser dito.Te sigo doravante.