domingo, 19 de dezembro de 2010

Por que assim tão solene,
des’águas em saltos,
Pavarotti de águas?
Por que assim tão menina,
tão meiga e terna,
te atreves aventura,
ó virgem da serra?
Por que cercada de espumas,
confias às cegas
no vácuo que abraças?

Moisés Augusto Gonçalves, in ruas vazias de gente

12 comentários:

***Engenholiterarte*** disse...

Que lindo o seu trabalho, Moisés... Adorei! Um grande abraço!

Anônimo disse...

Ah! finalmente eu encontrei o que eu estava procurando. Ás vezes é preciso muito esforço para encontrar ainda pequena peça de informação útil.

Ness disse...

Nice blog Augusto.
Thanks for follow me

chamkhmerangkor disse...

Hello! Your site really interesting, especially the pictures I really love and see the movies, I recently came across your blog and have been Watching and looking pictures along. I have enjoyed your web blog. Nice blog. I will keep visiting this blog very often. Please to comment this my site and links
hotsexshow
downloadfree-2010
chamkhmerangkor-thoeurnhuts
phnomsroks
phnomthmey
hotshowgay
You have a good job, thanks your visiting my site.

Anônimo disse...

Somos um grupo de voluntários e começar uma nova iniciativa em uma comunidade. Seu blog nos forneceu informações valiosas para trabalhar. Você tem feito um trabalho maravilhoso!

Teófilo Silva disse...

Moisés.
Que belos poemas tem aqui. E não só os poemas. É um todo que completa este excelente blog. Vou percorrer as muitas páginas e através delas aumentar a minha cultura, pois tem aqui matéria para isso.
Desejo-lhe um Feliz Natal.
Um abraço.

lourdes imoto disse...

Deleito-me quando desbravo seu espaço tão original, sutil e intenso ( a começar pelo belo pensamento desse "portuga" irreverente ).
Estou sonhando com meus dias de recesso, para então poder degustar tudo o que de "bão" há no paraíso do seu blog!

Parabéns, mesmo!!!

PAQUI.M. disse...

Bonitas palabras amigo, gracias por visitarme en este mi rincón de mis pensamientos yo tambien te seguiré ...... saludos y feliz Navidad.

POESIAS EM FOCO disse...

Que maravilha de versejar caro poeta!!!! amei ler-te, e sei voltarei sempre, abração fraterno.

Cleci Arte e Talento disse...

Ola Moises,
adorei seu espaço!!
As poesisa sao maravilhosas!!

um grande abraço, Cleci

João Bosco Maia disse...

Vagando nessas tantas ruas virtuais, encontrei tua porta de amante das Letras aberta - e entrei. Devo anunciar-me como um desses que diz "Oi, de casa! Trago aqui em minhas mãos a chave para dias melhores: escrevo e vendo livros!". Assim, venho te convidar para visitar o meu blog e conhecer as sinopses de meus romances, a forma de adquiri-los e, posteriormente, discuti-los. Três deles estão disponíveis inclusive para serem baixados “de grátis”, em formato PDF.
Um grande abraço literário,

João Bosco Maia

Luana Liarkeis disse...

lindo o q faz !!