terça-feira, 28 de dezembro de 2010

E agora te vejo,
filho meu,
pairando nas ondas,
todo água,
amanhãs dançando em teu corpo.
Jardins de mar,
liberdade acenando horizontes...

Moisés Augusto Gonçalves, in Fragmentos impertinentes

6 comentários:

Luís Coelho disse...

Bonita foto que se contempla com um pedacinho de poesia.

Costea disse...

Um feliz ano novo!

Amapola disse...

FELIZ 2011!!!


UM GRANDE ABRAÇO.

Dini disse...

Querido Catatau, foi um grande prazer estar contigo e com Marden. Abraco carinhoso nos dois.

Dini disse...

Querido Catatau, foi um grande prazer estar contigo e com Marden. Abraco carinhoso nos dois.

Lua Nova disse...

Que lindo isso... o amor que a gente sente por esses pequenos transborda. Como é bom poder fazer poesia. E da boa!
Beijokas.